Prêmio Marta Vanucci

image 8.png

O Prêmio Marta Vannucci para Mulheres na Ciência do Oceano é uma iniciativa da Cátedra UNESCO para Sustentabilidade do Oceano, ligada ao Instituto Oceanográfico (IO) e ao Instituto de Estudos Avançados (IEA) da Universidade de São Paulo, e da Liga das Mulheres pelo Oceano.

O prêmio tem o objetivo de promover, destacar e reconhecer o trabalho de cientistas brasileiras, identificando mulheres inspiradoras (categoria Cientista Inspiração) e premiando jovens cientistas talentosas e promissoras (categoria Jovem Cientista) no campo das Ciências Marinhas.

O nome do prêmio foi inspirado no pioneirismo da bióloga Marta Vannucci, que teve uma inspiradora trajetória na pesquisa e fortalecimento das Ciências do Mar no Brasil e no mundo.


Confira a seguir o regulamento do prêmio.

Resultado: 29/09/2021

Prêmio Marta Vannucci para Mulheres na Ciência do Oceano

1. Apresentação
O Prêmio "Marta Vannucci para Mulheres na Ciência do Oceano" é uma iniciativa da Cátedra UNESCO para Sustentabilidade do Oceano, ligada ao Instituto Oceanográfico e Instituto de Estudos Avançados da Universidade de São Paulo, e da Liga das Mulheres pelo Oceano. O prêmio tem o objetivo de promover, destacar e reconhecer o trabalho de cientistas brasileiras, identificando mulheres inspiradoras (categoria Cientista Inspiração) e premiando jovens cientistas talentosas e promissoras (categoria Jovem Cientista) no campo das Ciências Marinhas. O prêmio irá homenagear uma pesquisadora sênior que atua como inspiração para as novas gerações de cientistas, e destacar uma jovem cientista. Por meio desse prêmio, pretende-se incentivar a igualdade de gênero tão necessária para a Ciência avançar de forma equilibrada, criativa e produtiva.

2. A inspiração
A bióloga Marta Vannucci nasceu em Florença, em 10 de maio de 1921 e emigrou para o Brasil em 1929, após a vinda de seu pai em 1927, em função da ascensão do fascismo na Itália. Cursou o ensino fundamental no Colégio Dante Alighieri e ingressou na Faculdade de Filosofia, Ciências e Letras da USP. Em 1944, defendeu o doutorado com orientação de Ernest Marcus, professor do Departamento de Zoologia, tendo sido sua assistente de 1944 a 1950.Foi convidada a fazer parte do Instituto Paulista de Oceanografia, ligado à Secretaria de Agricultura e fundado em 1946. Com o professor Wladimir Besnard e outros pesquisadores, conseguiu que o instituto fosse integrado pela USP como unidade de pesquisa, o que ocorreu em 1951.
Foi a primeira mulher a ingressar como membro associado da Academia Brasileira de Ciências, em 1955. Em 1966 tornou-se membro titular. Em 1956, recebeu uma bolsa da Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura (Unesco) para conduzir pesquisas na Estação de Biologia Marinha de Millport, na Escócia.
A Prof. Dra. Marta Vannucci dirigiu o IOUSP de 1964 a 1969, tendo negociado a compra e acompanhado a construção do navio de pesquisa Professor Wladimir Besnard. Na Unesco, implantou um programa de bolsas de estudo para estudantes latino-americanos. Morou na Índia, onde colaborou como coordenadora técnica para um programa de desenvolvimento e atuou na inspeção de ecossistemas costeiros manguezais. Recebeu em 1996 a Ordem Nacional do Mérito Científico na classe Grã-Cruz. Marta Vannucci faleceu em janeiro de 2021, em São Paulo, aos 99 anos, e é a inspiração para o Prêmio para Mulheres na Ciência.


3. Critérios para Elegibilidade
A candidata deverá satisfazer os critérios abaixo especificados. A candidatura que não preencher esses critérios, não será considerada.

PARA A CIENTISTA INSPIRAÇÃO
A homenagem para uma cientista sênior inspiradora não será feita mediante inscrição. A Comissão Organizadora do Prêmio irá circular um formulário on-line com a sugestão de 10 nomes para que a comunidade acadêmica das Ciências do Mar (Naturais e Sociais) indique uma cientista mulher que a/o inspirou em sua carreira. A cientista pode estar atuando ou ter atuado em qualquer área relacionada ao mar. A cientista mais citada pela comunidade será homenageada na categoria CIENTISTA INSPIRAÇÃO. Em caso de empate, a Comissão irá fazer a seleção de uma única cientista inspiração com base em sua experiência e contribuição científica.

PARA A JOVEM CIENTISTA
A homenagem para uma jovem cientista será feita mediante inscrição.
Critérios de elegibilidade:
Ter concluído o Doutorado nos últimos seis anos (2016).
Ter no máximo 35 anos.
Realizar ou ter realizado pesquisa em instituição brasileira.
Ter realizado ou estar conduzindo pesquisa relacionada a qualquer aspecto relevante ao mar brasileiro, seja nas Ciências Naturais ou Sociais.
Ter “curriculum vitae” atualizado na Plataforma Lattes (pelo menos no último mês de Fevereiro. 2021).
Será considerado e reduzido da idade máxima de inscrição o período de um ano em caso de CADA licença maternidade da candidata.

Formulário de Inscrição e Documentos Complementares para inscrição para o Prêmio de Jovem Cientista
A candidata elegível deve preencher os dados e incluir os documentos abaixo no Formulário de Inscrições, disponível no site da Liga das Mulheres pelo Oceano e no site da Cátedra UNESCO para a Sustentabilidade do Oceano a partir de 15 de março de 2021:
Formulário de Inscrição Eletrônico preenchido.
Resumo com a importância prática e/ou teórica de sua trajetória científica (300 palavras).
Cada candidata poderá se inscrever apenas uma vez por edição.
Não serão aceitas inscrições em papel e nem por e-mail.
Todas as inscrições devem ser registradas no site do prêmio até o dia 09 de maio de 2021.

Seleção
A seleção da única candidata a ser premiada na categoria JOVEM CIENTISTA será feita por um júri composto por pesquisadores e pesquisadoras e integrantes da Cátedra UNESCO para a Sustentabilidade do Oceano, do Instituto Oceanográfico e da Liga das Mulheres pelo Oceano.
A decisão é final e inapelável, não podendo ser contestada ou sujeita a explicações ou justificativas.
O júri utilizará como critérios de escolha a qualidade e impacto da pesquisa e do trabalho desenvolvido pela candidata. Poderão também ser ponderadas outras características, como a independência e potencialidade da candidata frente ao sucesso dos seus projetos.
As vencedoras serão informadas sobre o resultado no final do processo de seleção. A divulgação deverá permanecer confidencial até data a ser comunicada pela organização do prêmio.


4. Premiação
A cerimônia de premiação será feita na Marina Week em setembro de 2021, em evento virtual, com a participação de membros da Comissão Organizadora e uma fala da homenageada na categoria CIENTISTA INSPIRAÇÃO e uma fala da JOVEM CIENTISTA.

5. Cronograma Provisório
Abertura das inscrições: 15 de março de 2021
Encerramento das inscrições: 15 de maio de 2021.
Seleção pelo júri: julho de 2021 (a ser confirmado).
Anúncio das vencedoras: agosto de 2021 (a ser confirmado).
Cerimônia: 20 de setembro de 2021.


6. Comissão Organizadora
Alexander Turra – Cátedra UNESCO para Sustentabilidade do Oceano, IOUSP/IEA-USP
Camila Negrão Signori – IOUSP
Leandra R. Gonçalves – IOUSP. Liga das Mulheres pelo Oceano
Mariana Martins de Andrade – Liga das Mulheres pelo Oceano
Natalia de Miranda Grilli – Liga das Mulheres pelo Oceano
Paulina Chamorro – Liga das Mulheres pelo Oceano
Marina Ribeiro Correa – Liga das Mulheres pelo Oceano
Barbara Veiga – Liga das Mulheres pelo Oceano
Deborah Mendes – Geóloga e neta da Professora Marta Vannucci
Giovanna Santini Ruta Lopes - Cátedra UNESCO para sustentabilidade do oceano
Katharina Grisotti Bohm - Cátedra UNESCO para sustentabilidade do oceano

Regulamento